Assumimos riscos

por set 1, 2020

“Como raça humana, é provavelmente seguro dizer que progredimos assumindo riscos e não achando que é melhor ‘prevenir do que remediar'” Esty, 1999

Uma escolha racional em um debate tecnológico, exige que ponderemos os riscos da tecnologia, mas também os comparemos cuidadosamente com todos os outros riscos.

Na Bio Bureau lembramos como lidamos com problemas no passado, para enfrentar os verdadeiros desafios.  Munidos de informação, avaliamos níveis de incerteza, para definir níveis de ação. Na ausência dessas informações, quando o risco de não agir trouxer consequências imediatas para a vida humana e no planeta, acreditamos que princípio da precaução não deva ser utilizado como estratégia política para evitar a ação.