Bio Bureau

Biocombustíveis

O brasil teve o primeiro programa de etanol combustível do mundo e a produção do etanol lignocelulósico (ou etanol de 2a geração) representa a possibilidade de aumento de 40% na produção.
A Bio Bureau desenvolveu organismos geneticamente modificados que agem na etapa de pré-tratamento do bagaço da cana e que podem triplicar a posterior extração de açúcar com o uso de celuloses comerciais.
O projeto encontra-se na etapa de escalonamento dos microrganismos.